• Nortesul Brasil

'Novembro Negro' é iniciado com debate sobre pós-escravidão




Debatendo sobre a conjuntura brasileira pós-escravidão, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) iniciou, nesta segunda-feira (23), às ações do 'Novembro Negro'. Para marcar a data, celebrada na última sexta-feira (20), a pasta promove nesta semana, através das quatro forças (PM, PC, DPT e Corpo de Bombeiros), uma série de palestras virtuais e eventos.


O auditório Mestre Álvaro foi palco de um debate ministrado pelo tenente-coronel Paulo Peixoto da Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev), com representantes do Departamento de Prevenção Social (DPS) e do Núcleo de Religiões de Matrizes Africanas da PMBA, capitães Sílvio Rosário e Thaís Trindade, respectivamente, além da soldado Paloma Leles, bacharel em Direito e lotada na 12ª Companha Independente da Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho).


Discutir com os colegas quem são, como são vistos e a que lugar pertencem foi o tema abordado por Leles. “Sem farda e sem representação do Estado, nós somos vistos como o corpo que ocupa e incomoda aquele espaço. Então é importante trazer essas reflexões e perceber que ao acordar todos os dias e colocar as nossas fardas, continuamos sendo descendentes do nosso povo”, disse.


Durante a abertura do evento, o soldado PM Moisés de Jesus Santos, lotado na 50ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sete de Abril), foi homenageado pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, pela sua excelente conduta em um caso de racismo sofrido por ele, em setembro deste ano, no bairro do Vale dos Lagos, em Salvador.


Até a sexta-feira (27), eventos institucionais internos e espetáculos teatrais e musicais, com a atuação da banda de música e grupo de teatro da PM, além da banda Olodum estão na programação.


Além do chefe da SSP, participaram da solenidade os comandantes-gerais da PM e CBM, coronéis Anselmo Brandão e Francisco Telles Macedo, respectivamente, e a Secretária de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, além de outras autoridades.


Fonte: SSP-BA


0 visualização0 comentário

©2019 por CaJú Publicidade (www.cajupublicidade.com)